domingo, 8 de novembro de 2015

Mesmo quarto ou quartos separados?

Temos um T3, um quarto para nós, um para a miúda e um pseudo escritório. Agora que vem aí um rapaz coloca-se a questão: mesmo quarto ou quartos separados? Como conjugar cores e brinquedos dos 2 géneros? Se ficarem no mesmo quarto a pequenita não se vai sentir invadida? E onde coloco todos os brinquedos para caber o berço, trocador e afins? E se criar um quarto de brincar? E se ela sentir que lhe estamos a mudar a vida toda e não reagir bem? Muitas dúvidas por aqui... mães de 2 ou mais, uma ajudinha, please? E se puderem explicar o porquê da decisão, nós aqui agradecemos. Estamos muito inclinados para que fiquem no mesmo quarto, mas mesmo assim temos receios...

4 comentários:

  1. Pois, eu sendo mãe de apenas uma filha não te consigo dar grande ajuda, mas pessoalmente acho que ficariam melhor em quartos separados. Mas tudo depende de como a mais velha reagir ao nascimento do irmão.

    ResponderEliminar
  2. Sendo menina e menino acho que separava... Cada um com o seu espaço.
    Mas um quarto dos brinquedos é uma ideia que eu também adoro!!!! Por isso olha... Grande ajuda que eu fui!

    ResponderEliminar
  3. Eu não separo, apesar de poder separar porque tenho quartos para isso. Eles adoram dormir no mesmo quarto e a mana também vai para o quarto deles. O quarto é enorme e dá para vários espaços e para estarem todos bem e felizes. Uns dos meus sobrinhos quando nasceu o irmão, 1 ano e pouco depois da irmã, fizeram dois quartos por causa da ideia que irmãos de sexo diferentes têm que dormir em quartos separados. Quando eram bebés dormiam separados, mas assim que começaram a ser gente e a ter vontade o mais novo passou a dormir sempre na cama de gaveta do quarto da irmã. Têm 6 e 5 anos e são os dois que querem dormir juntos. É muito mais divertido, é mais cúmplice, a história da noite é partilhada, as conversas e macacadas na hora de dormir são uma festa! Pelo menos até ao início da adolescência, em que o espaço territorial ganha importância, acho preferível os irmãos dormirem juntos. Mas cada família é que sabe...

    ResponderEliminar
  4. Olha por cá decidimos juntar. São dois meninos é verdade. Quando soube que estava grávida o Diogo ainda dormia na cama de grades. Aproveitamos e compramos a cama de menino e ficou logo o quarto com duas caminhas mas ele andou uns 2 meses a dormir ora na cama de grades ora na nova, ele escolhia. Depois começou a dizer que a cama de grades era para o bebe e nunca mais quis lá dormir. Ou seja foi tudo muito natural para ele e não se sentiu invadido. Sempre achei que se os separasse agora não viveriam a experiência de partilhar as coisas e as histórias e a cumplicidade que trás dormir no mesmo espaço, conversas, segredos, risos. Mais tarde se assim entenderam separamos os dois e aí já criamos os espaços ao gosto de cada um. Depois fizemos um quarto de brincar para os dois que é o delírio do Diogo e onde temos o ginásio e também o espaço do bebé. E os brinquedos dos dois.

    ResponderEliminar

Deixa aqui uma palavrinha! Obrigada