sábado, 30 de abril de 2016

Brincarem sozinhos

A minha filha tem 3 anos e 2 meses, gosta muito de brincar, mas tem imensa dificuldade em brincar sozinha. Quando está sozinha são poucas as vezes que faz de conta que dá comida às bonecas, nem brinca com os carrinhos, nem com barriguitas, nem com nada. Olha para tudo, não pega em nada, e acaba por pedir para ver televisão. Na boa verdade ela só brinca quase se um de nós estivera a brincar com ela! Nós não nos importamos de brincar, e fazemos imensos jogos juntos, inventamos novas brincadeiras, mas gostávamos mesmo que ela tomasse a iniciativa de brincar, e que o fizesse autonomamente durante alguns períodos! Por exemplo com os legos: só pega neles se os fornos buscar, e depois só brinca com eles enquanto um de nós está lá. Com esta idade achei que ia haver mais faz de conta, mais brincadeira autónoma! Até porque fomos incentivando essa situação. Como é aí em casa? 

2 comentários:

  1. A minha filha tem 22 meses, por isso ainda é mais nova que a tua e não dá para fazer grandes comparações. Em todo o caso cá em casa ela brinca mas se um de nós estiver por perto. Quer a mãe ou o pai por perto. Curiosamente a minha sogra, que é com quem ela passa o dia durante a semana, diz que ela brinca muito lá sozinha e cantarola o dia todo.

    ResponderEliminar
  2. Ora bem isso também já foi tema cá em casa pelos mesmo motivos. nada de brincadeira do mais velho sozinho. Só agora aos 3 anos e 6 meses começou a fazê-lo e a brincar ao faz de conta por alguns períodos sozinho! Foi do nada que começou! Agora aguenta-se 20min a 30min a inventar historias com carrinhos ou a fazer legos. Já é uma vitória!

    ResponderEliminar

Deixa aqui uma palavrinha! Obrigada