quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Vantagens da licença de maternidade prolongada

Um dos grandes motivos que me fez prolongar a licença não se prendeu directamente com a bebé, mas sim com a mana mais velha. A verdade é que desde que estou em casa com a mais pequena, logo desde o dia que vim para casa da maternidade, que tenho conseguido estar mais com a minha filha. Tenho conseguido ir buscá-la à escola, dar-lhe banho na natação, assistir aos seus treinos, brincar com ela, ter refeições planeadas e fazer coisas com ela na cozinha. Eu digo muitas vezes que não tenho conseguido fazer nada nesta licença, e isso é verdade em relação a mim própria. Quase não tenho conseguido fazer nada do que preciso ou que tinha planeado (como por exemplo 2 alguns de fotografia digitais que tenho mesmo de começar!). Mas o mesmo não se passa em relação às meninas. Tenho sido completamente delas durante estes 6 meses. Têm a mãe a 100% (mas uns 100% aldrabados por causa do sono e cansaço). E não me arrependo nem um segundo desta decisão, meso que isso me esteja a deixar super cansada, porque é impagável conseguir criar uma relação saudável, confiança e segurança com as duas. Agora sim eu vejo tudo o que perdi por trabalhar até tão tarde na maior parte dos dias, e chegar a casa perto das 21h 2-3x por semana. Agora eu vejo que a decisão que fiz de mudar de emprego, foi a melhor decisão de sempre. Estou mais perto, gasto menos, tenho mais tempo para as miúdas e maior disponibilidade mental. Só espero adaptar-me bem ao tipo de trabalho. Em Janeiro logo vejo. Em Janeiro. 

4 comentários:

  1. Fiquei 1 ano com a minha. Não me arrependi nadinha!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até agora também ainda não estou arrependida!

      Eliminar
  2. Infelizmente fui trabalhar quando a minha filha tinha 2 meses e meio. Infelizmente tenho uma patroa que não compreende muitas coisas. Mas sei que num segundo filho, tirar os 4 meses mínimos é algo que terá que ser.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ir trabalhar com bebés tão pequenos é quase uma crueldade para mãe e filhos.

      Eliminar

Deixa aqui uma palavrinha! Obrigada