segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Semana para voltar à normalidade, e aprender a gerir os ciúmes.

Segunda feira. A mais velha volta à escola, eu fico com a mais nova e tento reintroduzir as rotinas nesta casa. Esta semana com as duas em casa 24h foi extremamente cansativa, mesmo com ajuda dos avós de forma pontual durante o dia. Esta semana, mais que cansaço, trouxe birras e comportamentos menos simpáticos da mais velha. A minha filha linda, ao estar todo o dia comigo, deve-se ter apercebido de como a mana mais nova vive no meu colo, sentindo muito mais cada vez que não podia ir junto dela mal chamava porque a bebé me estava a "exigir" qualquer coisa. Foram mais birras, mais asneiras e mais choros sem sentido. Abraça a mana, dá beijinhos, mas nota-se que por vezes tem dificuldade em conter a sua energia nestas andanças. Tudo a traduzir o facto de estar doente, mas principalmente a dificuldade em ajustar-se a dividir a atenção da mãe.  Faz parte, sabemos que sim. Mas achamos sempre que somos capazes de os proteger de tudo e que vão ser capazes de ultrapassar todas as dificuldades. Mas ela tem 3,5 anos. No fundo, é um bebé também! Agora com o regresso à escola pode ser que as coisas acalmem e, entretanto, vamos ensinando a gerir a frustração, a partilhar a atenção e fazê-la, ainda mais, perceber que o amor dos pais por ela, não mudou! 

3 comentários:

  1. Sem sentimentos de culpa! É normal e natural o que a Isa está a viver com as duas e o sentimento em relação à mais velha. E o que ela própria está a expressar também faz parte do processo. Sao as desvantagens de ser a mais velha, ter sido princesinha única durante algum tempo. Mas também há vantagens. Ela teve os pais só para ela durante esse tempo, a mana nunca terá os pais só para ela. Força!

    ResponderEliminar
  2. Não deve ser fácil gerir estas situações e acima de tudo, o nosso próprio humor perante estas birras e chamadas de atenção. Pode ser que agora, com o regresso à escola, tudo normalize. Força!

    ResponderEliminar
  3. Meninas, como eu previa, o regresso à escola trouxe muita tranquilidade à mais velha! A voltarmos ao normal...

    ResponderEliminar

Deixa aqui uma palavrinha! Obrigada